"Um caminho que se percorre não com pernas, mas com coração. E onde o único desafio que vale, é percorrê-lo por inteiro."


terça-feira, 18 de março de 2008

O Quarto...

''O quarto que guarda tudo
que guarda nada
que guarda um quarto de vida''


No quarto fica despejado tudo o que lá jogamos
e que ele acolhe sem reclamar
Papéis, tintas, livros, plumas, roupas, textos, e tantas outras bugigangas...

No quarto encontramos o sagrado espelho
aquele em que nos olhamos todas as manhãs
as boas, as ruins, as bonitas, as mal-humoradas, feias, chatas, e descabeladas...

Nos cantos do quarto espalhamos segredos
aqueles que só ele sabe
junto com os momentos sagrados, que só mesmo o quarto presenciou...

No quarto fica o ''entra e sai''do dia-a-dia
que se perde nas montanhas de papéis do calendário do ano passado
que está jogado em algum canto do quarto...

No quarto sobra a saudade
aquela saudade de quando ali dormia e brincava uma criança,
uma criança que não imaginava as mudanças que ocorreriam no futuro...
No quarto fica o sono
e os sonhos que liberamos todas as vezes
que encostamos a cabeça no travesseiro ou na almofada em cima da cama...
No quarto falta a faxina
e sobra a bagunça...
As idéias que ali surgiram e se realizaram
e também as que em algum lugar do tempo se perderam...
No quarto agora, no fundo do guarda roupa restam apenas os brinquedos
alguma roupa de criança, ou algum ursinho
tudo o que sobrou da infância dorme ali...

No quarto a gente tranca o que quer
coisas boas e ruins, no quarto a gente se tranca
quando nem mesmo nós nos aguentamos...

No quarto agora fica o sentimento
as idéias sem sentido
e o sentido perdido...


'' um quarto de vida...''