"Um caminho que se percorre não com pernas, mas com coração. E onde o único desafio que vale, é percorrê-lo por inteiro."


sábado, 7 de janeiro de 2012

Reencontros

Viver é completar-se.
*
Buscar no seu caminho as pequenas coisas que de alguma forma, fazem parte de quem você é, do seu ser, da sua essência.
*
Podem ser pessoas, caminhos, luzes, atitudes, brincadeiras, olhares ou objetos.
Pode ser um lugar, uma sombra... Um caminho, uma profissão.
Um chamado.
*
Algo que faça seu olhar brilhar mais do que nunca.
Algo que se encaixe.
A vida é uma busca pelos pedacinhos desencaixados de nós mesmos.
*
Antes de nascermos, parece que fomos quebrados.
Despedaçados.
Pequenos caquinhos foram arremessados pelo mundo.
Cabe a nós a tarefa de juntá-los.
*
Pode ser uma pessoa.
Ou não.
Pode ser simplesmente uma música, o toque suave do piano.
Leve. Bonito e belo.
A delicadeza de um gesto.
*
Algo que você sente que nasceu pra fazer.
Aquilo que te faz dizer: "Aqui é o meu lugar".
Eu pertenço a isso, eu mereço isso.
*
Não existe nada mais delicado, mais sincero e mais lindo do que encontrar pelo mundo um de seus próprios pedaços.
*
Reencontrar-se no outro.
Reencontrar-se em si mesmo.
Reencontrar-se num som...
Num gesto...
Num lugar...
Num olhar...
Num beijo...
*
Reencontrar-se é colher um pedaço seu de algum lugar.
É inesquecível e é inexplicável.
*
Espero que os caminhos sejam iluminados e que possamos nos reencontrar sempre.
*
Porque é no reencontro que é possível respirar novamente, tomar fôlego.
Como quando prendemos a respiração numa brincadeira e respiramos todo o ar possível em seguida.
*
Que o brilho do olhar nunca se apague, e que as bençãos do mundo caiam sobre nós.
*
Sempre.

3 comentários:

Kelly Christi disse...

Querida, sobre sua bela inspiração eu prefiro ficar com as palavras de um poeta que gosto muito e que sintetixou, na verdade a essencia desse post:

" a vida é a arte do encontro emobora haja tanto desencontro pela vida" - Vinícius de Moraes

Antonio Rodrigues disse...

A vida é isso mesmo, uma eterna busca. Um busca por pessoas, de coisa, de lugares, de sentimentos de tudo um pouco. Quando as achamos vamos nos construíndo, melhor nos reconstruíndo. Belo texto! ^^

Luiza F. Nunes disse...

"Não existe nada mais delicado, mais sincero e mais lindo do que encontrar pelo mundo um de seus próprios pedaços."

Tenho descoberto essa sensação de encontra-me pelo mundo.
E lindo mesmo é me encontrar em outras almas, não uma, mas algumas. E ver que essa alma compartilhada é cheia de luz.
Eu apenas sei que a vida é uma coisa que não sei o quê.

Lindo texto.